Receitas veganas: 15 opções para um cardápio saudável e delicioso

Está cada vez mais comum o estilo de vida vegano, seja na comida ou no uso de roupas e maquiagens. Essa prática tem como objetivo abster o uso de produtos de origem animal. Na alimentação funciona da mesma forma. Ovos e leite, por exemplo, são ausentes em qualquer preparo de receitas.
Sem contar que hoje podemos encontrar alternativas saudáveis que substituem muito bem os nutrientes da carne e afins. As famosas proteínas naturais entram com tudo nesse tarefa, deixando muitos hambúrgueres e recheios no chinelo.

Procurar uma alimentação nutritiva e diminuir o consumo animal é a melhor solução para o combate de doenças. Você pode começar aos poucos, abrindo mão de algumas comidinhas de vez em quando.

Seja você vegano ou não, vamos sair fora da caixa e aprender receitas novas? Confira a nossa seleção que tem de tudo um pouco:

1. Maionese vegana

Tá aí um molho que vai bem com tudo! Faz toda a diferença no hambúrguer e cada tem um jeito de fazer, não é? Tem a maionese caseira, a temperada, a de batata e também a vegana.

Essa última conta com um ingrediente especial, o famoso abacate ou avocado. A fruta dá toda a consistência cremosa e garante uma cor maravilhosa de brilhar os olhos. O ideal é que elas estejam maduras, ou seja, bem macias por dentro.

A lista de ingredientes desse preparo são repleta de temperos fortes como wasabi, ervas e bastante limão. Por isso, é uma receita bem versátil e possibilita infinitas combinações. Você pode acrescentar outros itens além do que pede, como também remover.

Esse é um modo simpático e apaixonado de fazer um molho daqueles encorpados!

2. Feijoada vegana

Essa receita não é difícil mas tem alguns truques como deixar o feijão de molho e como temperar. Parece besteira mas essas dicas fazem com que o prato fique muito mais saboroso!

No lugar da carne utiliza os vegetais variados e o tofu defumado. Eles fazem um ótimo papel do bacon e da linguiça calabresa. E até o tipo de corte fazem diferença nesse quesito.

Para deixar o prato bem colorido a escolha foi pelas cenouras, beterraba e a couve manteiga. O gengibre, a folha de louro e a alga kombu ajudam a levantar o sabor e no processo digestivo. Esses, por exemplo, podem ser retirados na hora de comer.

Esses itens compõem uma feijoada deliciosa, que perfuma a cozinha e preenche o estômago com amor!

3. Pizza vegana

Se você sempre desejou comer uma pizza vegana com tudo que tem direito de queijo derretido à massa crocante, achou seu lugar certo!
O preparo desta massa de pizza é muito simples. O melhor de tudo que você só vai utilizar uma tigela e nada mais, ou seja, nada de mil utensílios para sujar e manusear. E os ingredientes são os básicos: farinha de trigo, água, açúcar e fermento.

Já a cobertura você pode se inspirar nos tradicionais ou seguir o seu gosto pessoal e criar os toppings mais incríveis.

O queijo vegano também é vapt vupt para fazer. E fica bem semelhante ao tradicional, bem cremoso e aveludado. Sua base de leite de coco, levedura nutricional, um pouco de sal, alho em pó, páprica e polvilho doce deixam esse queijo com um sabor indiscutível. E fique tranquilo que você não sente nenhum sabor de leite de coco no produto final.

Agora é só colocar a mão na massa, montar a sua pizza e ser um vegano feliz!

4. Panqueca vegana

Acredite pois essa tentação não vai ovos e nem leite. E ainda fica com um gostinho real de panqueca!

Você pode fazer elas coloridas adicionando os legumes certos para cada preparo. Por exemplo, a beterraba deixa as panquecas rosadinhas, a cenoura alaranjada e a couve manteiga esverdeada. Nada como dar uma outra cara para a panqueca, não é mesmo?

A base é sempre a mesma. As proporções são fáceis de memorizar e os ingredientes provavelmente tem em sua despensa, como aveia em flocos, água, vinagre, farinha de trigo, azeite e sal. De um jeito muito simples é só misturar e levar para frigideira.

O recheio pode variar de acordo com a refeição. Crie refogados gostosos e mande a ver nessas panquecas veganas coloridas!

5. Proteína vegana

Quer uma boa fonte de proteína que é super versátil? Experimente a carne moída de soja. Elas são nutritivas e tem bastante fibra, sem contar que são particularmente saborosas.

Os ingredientes da vez é para fazer um molho bolonhesa vegano. Porém, são simples e fáceis de encontrar: alho, cebola e molho de tomate. Você pode comer essa gostosura com macarrão, massas veganas, em recheios, lasanhas e até em sanduíches.

O importante mesmo é preparar a sua proteína de soja para que ela fique com aspecto semelhante a carne moída. O segredo é deixar cinco minutos de molho para hidratar e depois retirar bem toda a concentração de água. Ela deve ficar sequinha e com os grãos dispersos.

É um delicioso acompanhamento para as refeições. Você pode temperar de um jeito reforçado e abusar dela “sozinha”.

Esbanje energia e saúde com essa proteína de ingredientes 100% naturais!

6. Manteiga vegana

Um pãozinho com manteiga é o café da manhã perfeito para o dia a dia. Por isso, ter essa pasta na geladeira é um quebra galho e tanto para preparos e acompanhamentos de crackers e lanches.

Essa versão é tão prática de preparar que até os não veganos podem se aventurar na cozinha. Tudo o que você vai precisar é de um liquidificador e um tempo de geladeira, ou seja, não tem erro!

A fonte de gordura vegetal que você vai utilizar é o óleo de coco sem sabor. Esse não pega nenhum gosto no resultado final e realça o restante dos ingredientes. Outro detalhe importante é que ela esteja em sua forma líquida. Por isso, derreta no microondas ou faça um banho maria que está tudo certo.

Complemente com um toque de acidez do limão, leite vegetal, azeite, sal e por fim açafrão. Esse último item garante cor e sabor para a manteiga.
A pergunta clássica que fazem “você come com o quê?” faz todo o sentido depois dessa receitinha curinga!

7. Lasanha vegana

Esse prato é o clássico de domingo, mas aqui ele vira uma opção saudável que não pesa tanto no estômago. A massa se transforma em lâminas de abobrinha, o recheio em um tofupiry incrível e os tomates frescos trazem o toque italiano que toda lasanha pede!

A abobrinha são salteadas na frigideira o que trás uma textura bem interessante. Você pode utilizar um pouco de azeite e temperar com o que quiser.
Já o nosso molho “branco” tem uma execução à parte. Mas compensa preparar não só para esse prato, como também em risotos, estrogonofes, pizza e massas. A base não poderia ser outro que o próprio tofu batido. Depois é só temperar e levar ao fogo até virar um creme.

Na montagem equilibre a proporção entre o vegetal, o recheio e os molhos. A escolha aqui foi os cogumelos, mas você pode optar por um outro legume ou uma proteína vegetal.

É uma lasanha diferente, mas que se torna memorável de tão saborosa. Vale à pena experimentar!

8. Coxinha vegana

Coxinha é tudo de bom! A opção vegana é tão gostosa quanto a tradicional. Pode parecer estranho, mas a carne de jaca é estupidamente saborosa que vale á pena experimentar!

A fruta desfiada possui uma aparência e um sabor tão neutro que aparentemente lembra o frango. Ela como recheio deve ser muito bem preparada, por isso capriche nos condimentos para arrasar nessa versão. Quanto mais temperos e ervas, mais gostoso fica!

O resultado final é tão surpreendente que até os carnívoros vão querer trocar o seu frango desfiado por essa alternativa feita com a fruta.

9. Escondidinho vegano

Além de ser recheado com casca de banana, esse escondidinho tem uma massa gostosa feita apenas com mandioquinha e batata. O resultado é surpreendente e não fica com o gosto adocicado da fruta.

O preparo principal é o nosso recheio. É uma alternativa econômica, saborosa e acompanha outros pratos como quiches, empadas, coxinhas e tudo mais. O importante é deixá-las de molho com água e limão.

O tempero não tem muito segredo, um refogado turbinado com cebola, alho, tomates, ervas frescas, shoyu e extrato de tomate. Nesse caso, adicione outros condimentos para levantar ainda mais o sabor.

Uma alimentação vegana requer buscas e testes para substituições naturais. E essa daqui é de deixar todo mundo babando e pedindo mais! Não deixe de fazer quando ver aquelas sobras de cascas de banana.

10. Torta vegana

Aqui também encontramos a praticidade vegana! Esse quitute que serve como lanche, almoço e jantar é tão rápido que torna o queridinho até para os carnívoros de plantão.

Por conta da variedade de sabores acaba se tornando uma receita versátil. Sabe aquele resto de legumes que tem na sua geladeira? Então, é super harmônico aqui. E se você segue uma alimentação com carnes também pode utilizar nessa ocasião. O bacana é criar essa brincadeira de combinações de acordo com seu gosto pessoal.

A massa é sempre a mesma e ainda facílima de fazer pois todos os itens são jogados no liquidificador e pronto.

Não tem como menosprezar esse tipo de receita. Afinal, um curinga desses é sempre bom ter em mãos!

11. Salsicha/linguiça vegana

Outra proteína vegetal para incrementar a sua refeição é a salsicha ou linguiça natural. São hiper saborosas e com uma boa mão de tempero fica bem semelhante a tradicional de origem animal.

Todos sabem que esse tipo de embutido é uma mistura de elementos “ruins”. Em nosso caso é ao contrário, a linguiça conta com partes nutritivas feito com legumes, vegetais, grãos, farinhas e bastante tempero. O sabor de defumado fica por conta da páprica e a textura macia pela lentilha.

Enfim, é um mix maravilhoso que deve ser feito para inovar seu choripan, seu hot dog, seu PF do dia a dia e entre outros. Elas grelhadinhas ou assadas fazem sucesso na refeição!

12. Frango frito vegano

O título não é nada convidativo para um vegano, por isso podemos chamar de “couve flor” frita. A aparência é idêntica daquelas coxas de frango americana e no quesito empanamento dá um show em muitos tempurás e frituras por aí.

O lance é deixar o vegetal com cara de frango mesmo. O caule e a flor devem ter um tamanho mediano que seja confortável para comer com a mão. Mas não precisam ser todos idênticos, o importante é o sabor final!

O empanamento é um detalhe que deve ser seguido corretamente. A água com gás faz toda a diferença para deixar o aperitivo crocante, sabe? Assim, como a escolha do cereal de milho sem sabor garante aqueles pedacinhos que sobram no final do paladar.

Se você procura um tira gosto saboroso, gostoso e saudável não precisamos nem implorar para fazer essa receita.

13. Sobremesa vegana

Mousse é um doce que todo mundo gosta, não é mesmo? De chocolate então avistamos de longe os copinhos! Esse daqui é uma alternativa saudável para oferecer aos seus convidados e principalmente para as crianças. Muitos nem vão perceber a substituição de ingredientes industrializados pelos naturais.
Na receita você vai utilizar leite de coco (pode substituir por outro vegetal), sementes de chia, cacau em pó e açúcar mascavo.É tão rápido que em dois minutos ele está prontinho!

Sem complicação e rápido de fazer é o salva vidas para quando bate a vontade de comer chocolate. Mas você pode variar com polpa de maracujá ou morangos. Fica uma delicia misturar os sabores e montar em camadas para dar uma cara requintada à sobremesa.

Está sem ideias de doce? Faça essa opção vegana que é fácil de preparar, natural e saborosa!

14. Gelatina vegana

Gelatina é um dos doces queridinhos pelas crianças. Porém, sabemos que não são nada naturais. Por isso, é possível preparar essa sobremesa em casa com o suco de fruta natural, uma quantidade pequena de açúcar e a gelatina natural, conhecida como ágar- ágar.

O ágar- ágar é um elemento derivado de algas marinhas, ou seja, totalmente natural. O processo para preparar é semelhante ao de caixinha de supermercado. Assim que ela estiver hidratada e derretida, é só misturar com o suco de frutas desejado junto com o açúcar demerara.Misture bem em fogo médio e coloque em forminhas para gelar.

Você pode utilizar outros sucos ou adicionar leite vegetal para ficar cremosa e dar uma cor mais bonita ao preparo.
É um ótimo docinho para agradar todo mundo!

15. Hambúrguer vegano

Quem pensa que veganos não podem se acabar com um delicioso hambúrguer está muito enganado! É possível preparar esse fast food sem proteína animal utilizando ingredientes surpreendentes.

Esta versão tem uma fonte incrível energética que muitos não dão nada à ele: o feijão fradinho. Ele garante a famosa sustança e é muito mais econômico que qualquer outro ingrediente.

O preparo é como montar uma pasta desses grãos apenas demolhado. Nem cozinhar precisa, ou seja, muito fácil!

Separe seus temperos mais potentes da despensa e adicione sem medo. Para ajudar na consistência incremente com beterrabas cozidas, quinoa e farinha Panko.

É uma proteína que vai bem com saladas, arroz e também para fazer sanduíches. Não deixe de experimentar essa versão poderosa de hambúrguer vegano!

Mesmo os apaixonados por carne podem experimentar e descobrir novos sabores com essas receitas. Ainda mais quando se trata de preparos fáceis, práticos e o melhor de tudo: saudáveis!