Receitas de cheesecake: 10 sabores que você precisa experimentar!

Cheesecake é uma torta americana à base de cream cheese, que para nós, é um queijo cremoso encontrado nas geladeiras de qualquer supermercado.

Apesar de não ser tão popular por aqui, é uma sobremesa bem diferente para quem não curte tanto doce assim. Talvez essa base de queijo quebre um pouco o tabu que sobremesas devem ser somente chocolate ou derivados. Mas fique tranquilo, porque o sabor fica tão suave que nem sentimos a acidez ou o salgado do ingrediente.

Publicidade

O doce, geralmente, possui três camadas diferentes que se misturam no paladar. A primeira com uma base crocante, logo em seguida o recheio cremoso de queijo e por fim a cobertura. E como todo brasileiro é criativo, temos uma infinidade de sabores por aqui.

Mas vamos combinar que independente da combinação escolhida, faz qualquer um esquecer da dieta e repetir mais um pedaço.

Pra você que está sendo introduzida nesse universo de cheesecakes, bem vindo! Trouxemos algumas possibilidades de transformar essa torta em uma sobremesa que tenha a sua cara:

1. Cheesecake de morango

A variedade de receitas de cheesecake é tão grande que essa, em particular, tem um preparo diferente. E o mais incrível: ela não vai ao forno!

O segredo é muito fácil, basta adicionar gelatina incolor no creme branco. Apesar de não conter o tradicional cream cheese, o visual tem lá a sua semelhança. A base de creme de leite fresco, leite condensado e essência de baunilha substitui muito bem como camada principal.

Outro truque muito importante é o cuidado na montagem. A folha de acetato faz toda a diferença na hora de servir. Não deixa nenhum resíduo na forma e garante uma torta de muitos clicks.

E os morangos? Eles entram frescos e com um acabamento delicioso e brilhante de gelatina com o sabor da fruta. Só não esqueça das proporções de gelatina para deixar ela bem firme até fora de geladeira.

O resultado é um doce dos deuses: base crocante com bolacha maizena, um creme macio e a doçura dos morangos.

Se quiser impressionar a família não hesite em preparar essa versão de arregalar os olhos!

2. Cheesecake japonês

Esse é um cheesecake com cara de bolo. Mas daqueles bem macios e fofos, sabe? E ainda tem um toque especial com estampa de oncinha que não poderia deixar ele mais bonito.

O segredo para deixar ele mega aerado é o mesmo de um suflê, ou seja, muita clara em neve. E o mais incrível é que vai nada de fermento na receita. Apenas farinha, amido de milho, cream cheese e leite integral. O tchan da essência de baunilha e as raspas de limão deixam tudo mais irresistível!

Aqui, também rola dois momentos diferentes no forno. O primeiro em banho maria com a forma forrada em papel alumínio e outra seguindo o jeito tradicional.

Porém, não se assuste quando tirar do forno! Ele fica tão grandão que o recomendável é untar com papel manteiga, deixando uma sobra de uns dois à três centímetros para ele crescer. Isso também ajuda a dar um acabamento mais liso na hora que for apresentar.

Apesar de muitos processos, esse doce em forma de nuvem tem uma das melhores texturas da vida. Super leve e combina com qualquer calda ou geleia que estiver dando bobeira por aí.

3. Cheesecake de frutas vermelhas

A clássica e a queridinha das maiores confeitarias: o cheesecake de frutas vermelhas. Super saborosa e fácil de fazer!

A cobertura composta por morango, mirtilo, framboesa e cereja são adocicadas com açúcar em fogo alto, até dar o ponto de geleia. Alias, é uma ótima calda para ter em geladeira porque é curinga com tudo que é doce.

A firmeza do cream cheese e a estrutura do chantilly ajudam o creme branco ficar firme no resultado final. Apenas algumas horinhas na geladeira e está pronto!

Nesse caso, nem ao forno precisa levar. Te economiza umas horas e sobra tempo para caprichar na apresentação!

4. Cheesecake de goiabada

Não existe combinação melhor que queijo com goiabada, o famoso Romeu e Julieta. Para essa torta que leva cream cheese a fruta cai como uma luva!

Comece a receita pela base, que forma uma casca crocante que chega a derreter na boca com tanta manteiga. Só se atente em uniformizar essa primeira camada para que toda a superfície fique com a mesma espessura.

Para o creme você só vai precisar bater o cream cheese, creme de leite, açúcar, ovos e suco de limão. Se quiser dar um perfume a mais coloque raspas de limão no final e leva para a forma.

Essa é uma cheesecake que precisa levar ao forno em banho maria. Mas enquanto isso, você pode preparando sua calda que leva somente a pasta de goiabada e água. É só deixar essa mistura em fogo até derreter por completo.

Só lembre de deixar a sua base com creme bem gelada, assim você pode servir ela fresquinha antes de jogar a cobertura.

O encontro do azedinho do creme com o doce da goiabada é uma viagem pro paraíso com direito a repeteco! Vale à pena experimentar!

5. Cheesecake de chocolate

Chocolate é bom e todo mundo gosta! Essa é uma ótima ideia de sobremesa para quem possui crianças em casa. Mesmo com o sabor intenso de chocolate, ela não fica nada enjoativa. Não tem como não curtir!

O preparo é semelhante as receitas anteriores. Só que com alguns acréscimos especiais, como por exemplo, o chocolate derretido e o chocolate em pó. O primeiro é utilizado para o creme branco de queijo e é essencial que seja meio amargo para não ficar muito doce. O chocolate em pó é só para fazer um charme na base, que também pode ser feita com o biscoito maizena sabor chocolate.

A cobertura nada mais é que uma ganache feito com creme de leite e chocolate derretido. É tão fácil que você pode colocar o maridão ou as crianças para fazer essa tarefa.

Assim como todo cheesecake é recomendável deixar pelo menos oito horas na geladeira. Por isso é um preparo feito de um dia para o outro, com calma e muito cuidado.

O agradável é servir ela geladinha, quase uma mousse de tão cremosa!

6. Cheesecake de limão

Se você ama a acidez do limão com certeza vai curtir essa versão de cheesecake! E sabe aqueles dias que precisamos preparar uma sobremesa rápida mas com cara que demorou horas?! É essa daqui!

Publicidade

A base é a clássica mistura de biscoito maizena triturado com manteiga derretida. O aspecto final dela é quase uma areia molhada, que com as mãos você consegue moldar certinho na forma. Você pode optar por fazer com ou sem borda. Se quiser uma durabilidade maior fora da geladeira opte por uma beirada alta. Mas lembrando que o verdadeiro cheesecake vai somente com o fundo.

É muito importante ter cuidado maior na montagem dessa base, pois é ela que vai dar estrutura para o recheio. Por isso, pressione bem e se precisar pegue ajuda de uma colher. Para dar mais firmeza leve ao forno para que fique crocante, como uma casca mesmo.

O recheio de limão é simples. Você vai precisar de uma mistura com cream cheese, leite condensado e chantilly até que fiquem bem macio e brilhante. Depois é só incorporar a gelatina incolor hidratada no suco de limão e misturar bem.

O ideal é deixar na geladeira até que a gelatina faça efeito, ou seja, no mínimo quatro horas. Mas se a pressa for grande, coloque no freezer e sirva logo em seguida!

7. Cheesecake de maracujá

Fruta mais tropical que essa não existe, não é verdade? Essa cheesecake tem um sabor de infância que lembra aqueles copinhos de mousse de maracujá de casa de vó. Só que aqui é a evolução do doce, que fica uma delícia para servir como sobremesa em dias mais quentes.

A combinação nada óbvia do cream cheese com chocolate branco derretido deixa o creme ainda mais impecável. Nesse caso, não precisa de quase nada de açúcar. Se achar necessário pode até ignora-lo da lista de ingredientes, porque o chocolate já garante toda a doçura do doce.
A calda de maracujá não tem segredo. Você vai precisar apenas da polpa da fruta (sim, com as sementinhas) e açúcar. Espere dissolver por completo e pronto!

O charme dos pontinhos pretos com o amarelo vibrante já demonstra o quanto o cheesecake é saboroso. Só umas horas na geladeira e pode chamar a turma para devorar!

8. Cheesecake de tiramisú

Doces que envolvem café é de outro mundo, não acham? Essa daqui com sabor internacional não tem nem o que dizer! Você precisa fazer e experimentar na sua casa.

O segredinho para deixar a cheesecake com o sabor do doce italiano é adicionar no preparo um pouco de queijo mascarpone e essência de café. Assim que obter um creme liso é só incorporar suavemente os pedaços da bolacha champanhe. E fique tranquilo, que mesmo indo ao forno, mantém toda a crocância.

O que não poderia faltar aqui também é uma gostosa calda de chocolate, que nada mais é que uma ganache simples.

Publicidade

Assim que estiver gelada e bem firme é só finalizar com pó de café e umas colheradas de leite condensado.

9. Cheesecake de Oreo

Sobremesas que levam Oreo como ingrediente principal é um carinho no estômago. Principalmente quando são geladas e super fáceis de fazer.

Comece fazendo a base, ou melhor, a crostinha de biscoito Oreo triturado (sem recheio).

Para o creme você vai precisar de força e muita confiança, porque parece que vai dar tudo errado mas no final se tem uma mistura lisa e homogênea. Cream cheese, creme de leite sem soro, leite condensado, meio suco de limão, essência de baunilha e mão na massa. Mexa bem até dar o ponto certo!

O toque final dessa perdição fica por conta dos pedaços de biscoito achocolatado em meio ao recheio. Afinal, não tem nada mais surpreendente que sentir essa crocância em cada garfada.

Como não vai para o forno é preciso adicionar a clássica gelatina sem sabor. Só se atente em fazer movimentos suaves para que o nosso creme não perca a sua cor original.

Base pronta e recheio no ponto é só montar e levar pro freezer. Finalize com uma calda de chocolate e se lambuze à vontade!

10. Cheesecake de caramelo

Se você é um formigueiro nato, não pode deixar se preparar esse doce que vai bastante açúcar na receita. Pra deixar esse ingrediente ainda melhor, a gente transforma ele em caramelo.

O caramelo é um preparo rápido e sem nenhuma dificuldade. Apenas açúcar e água na panela e pronto! A intenção é fazer um açúcar caramelizado para incorporar com o cream cheese. A cor fica linda e o sabor é inexplicável.

A base é outro ponto que chama atenção. Aqui ela é saborizada com açúcar mascavo e um pouco de canela em pó. Essa combinação com o restante das camadas fica incrível no final.

Para dar um acabamento digno de uma cheesecake não poderia faltar uma deliciosa calda de caramelo. Essa fica bem cremosa e brilhante com a ajuda do creme de leite e a manteiga. Por isso, se atente ao preparo para não errar o seu ponto.

Essa é uma versão para sair do tradicional sabor que costumamos comer por aí. Às vezes um pequeno toque faz toda a diferença! Faça em sua casa e tenha muitos elogios e pedidos da receita.

Agora você já sabe! Quando precisar fazer uma sobremesa impactante opte pelo Cheesecake. É tão versátil que é só escolher uma cobertura e impressionar com um doce novo em cada encontro de família e amigos. Cada receita tem sua particularidade e consequentemente um sabor e textura diferente.

SHARE
MostrarEsconder Comentários

Comments are closed