Receitas de risoto: 10 sabores para arrasar no inverno!

No dia a dia, praticidade na cozinha é a palavra chave! O que não significa com falta de sabor ou uma alimentação baseada em “fast” food. Mas sim, em pratos fáceis, rápidos que levam trinta minutinhos e que sujam pouca louça.

Risoto é assim um prato único que não precisa de mais nada, além de uma taça de vinho. E pode muito bem ser o mesmo utilizado da receita, às vezes é necessariamente feito para isso!

Publicidade

São bem vindos para os dias da semana, seja almoço ou jantar. Nesse universo de risotos, sabores é o que não faltam! Porém, o importante é ter sempre um caldo caseiro na geladeira. Você pode usufruir com restos e carcaças de legumes que ficam uma delícia e ainda super saudável.

Fique tranquilo porque essa comidinha é daquelas que qualquer um saberá preparar, já que basta colocar todos os ingredientes em uma panela e mexer sem parar até atingir o ponto desejado.

Se você está sem ideias de como preparar um risoto, que ingredientes utilizar ou como combinar os seus ingredientes de geladeira com esse prato. Nós temos as soluções perfeitas, é só conferir aqui:

1. Risoto de camarão

Esta é uma receita prática com camarão executada em uma única panela. Aliás, tudo que contempla frutos do mar é uma ótima sugestão para uma ocasião especial ou um jantar romântico, concordam?

A base de qualquer risoto é a mesma: um bom caldo caseiro, arroz arbóreo e uma taça de vinho. Com esse trio em mãos, é só se inspirar nos acompanhamentos.

Como estamos falando de uma proteína nobre o cuidado é ainda maior. Um tempo a mais no fogo, eles já passam do ponto. Quer saber o time correto?! É quando eles alteram de cor. O objetivo é apenas dar uma leve selada com um pouco de alho, pois o processo de cozimento é finalizado no último instante com a panela quentinha.

Para completar o sabor dessa culinária italiana, não poderia faltar o molho de tomate pelado e raspas de limão siciliano. Além de enaltecerem a cor do prato, promove um sabor inesquecível!

Sirva em uma louça bem bonita porque esse prato merece uma apresentação à altura!

2. Risoto de frango

Em qualquer cozinha é possível avistar um pedaço de peito de frango na geladeira, pois é uma mão na roda para qualquer refeição. A situação fica ainda melhor quando se trata de um risoto fácil, que não precisa ficar horas mexendo.

Os ingredientes são simples. Se você não tiver em casa, com certeza, tem no mercadinho do seu bairro. A lista lembra até os itens de um fricassê: arroz agulhinha (pode ser o parboilizado ou arbóreo), frango desfiado, lata de milho, extrato de tomate, alho, colorau, sal, pimenta do reino, cheiro verde e tablete de caldo de galinha.

Por ser um método simplificado, o truque é jogar quase tudo em uma panela alta e adicionar água quente. Só que, claro, com todos os elementos incorporados e o caldo concentrado bem dissolvido. Dessa forma é só relaxar e aguardar o risoto ficar pronto.

Se houver necessidade de acrescentar mais líquido fique à vontade. Assim como a finalização é bem livre! A receita segue a tradicionalidade com cheiro verde, manteiga e queijo parmesão. Mas vale para um creme de leite ou requeijão.

É um prato que de começo você não dá nada, mas depois de experimentar a sensação é uma só: inesquecível!

3. Risoto de queijo

Se você gosta de simplicidade e curte um bom queijo, esta receita merece um destaque na sua lista!

A base é idêntica a uma receita tradicional, porém segue o lema “menos é mais”. Um bom queijo ralado na hora, um caldo bem saboroso, um vinho seco de boa qualidade e o arroz especifico para risoto não precisa de mais nada!

O bom que é que risoto de queijo é mega versátil, pois você pode dar o toque que desejar! As castanhas tostadas, por exemplo, caíram como uma luva e criam uma textura crocante que combina perfeitamente com o restante dos itens do prato.

Os responsáveis pela cremosidade dessa refeição são o queijo parmesão e as colheradas de manteiga. Ambos derretem em contato com o arroz arbóreo e garante aquela suculência toda.

E esse não tem desculpas para não comer na hora, vai da panela direto para o prato com o queijo ainda puxa puxa!

4. Risoto de palmito

O risoto de palmito é bem simples de preparar. É uma boa opção para cozinhar algo diferente e trazer essa lado saudável para a rotina. Principalmente para aqueles que estão reduzindo um pouco o consumo de carne.

Esse alimento é tão versátil, que mesmo cozido, garante uma textura extra no prato. Com eles bem pedaçudos, o sabor explode na boca de um jeito fantástico. Se curtir ele mais acentuado, capriche na porção e adicione toda o conteúdo do pote de vidro.

O plus dessa receita é o bom punhado de parmesão e uma colher farta de requeijão.

Quando bater a vontade de comer algo gostoso é só preparar esse risoto cremoso!

5. Risoto de alho poró

Além de esse ser um risoto simples feito com apenas um legume, vamos mostrar os pulos do gato para deixar qualquer risoto ainda melhor!

Existem quatro pilares importantes para sustentar um bom risoto. O primeiro é a escolha do arroz. Esse deve ser específico, pois contem bastante amido e é justamente o amido que dá uma liga no risoto e deixa o prato bem aveludado. A segunda coisa importante é preparar um bom caldo. Para isso, é só catar todos os legumes, cortá-los grosseiramente e deixar cozinhar por uma hora no fogo baixo. Você pode fazer esse caldo com tudo e qualquer coisa que tiver na geladeira. Por fim, a escolha do vinho. Não precisa ser um vinho caro, só precisa que ele seja seco, não pode ser doce! Afinal nosso risoto é salgado, né?

O alho poró dentro do risoto não tem muito segredo. Eles vão crús no final da cocção e cortados em rodelas bem fininhas. Já o diferencial é o crocante de alho poro, que é mergulhado na farinha de trigo com um pouco de alho. Fica um crocante incrível!

Disponha esse chips por cima do risoto e decore também com algumas folhinhas e raspas de limão.Resultado: um risoto perfumado e cheio de texturas!

6. Risoto de funghi

Sabe um risoto indispensável no acervo de receitas? É esse de funghi! Os cozinheiros amadores sempre tem um preparo desse em manga. Mas o que selecionamos aqui é bem especial, pois o preparo é feito na pressão.

A receita conta com ingredientes frescos como cenoura, alho, cebola e salsão. Todos vão fazer parte do refogado do cogumelo desidratado. Só não esqueça de reservar esse líquido marrom mega saboroso. Ele vai ser o caldo principal do risoto.

Outro detalhe diferente é a escolha do vinho por tinto. Deixa aquele leve amadeirado no fundo, sabe? É um prato perfeito para o inverno, aquece o coração e a alma!

7. Risoto de carne

Esse risoto é um mistério! Seu sabor brasileiro e, ao mesmo tempo, oriental deixam no ar como essa combinação nada óbvia pode dar certo.
Não só dá certo, que se torna um dos favoritos já na primeira garfada. A dupla da vez é a carne seca e o açafrão. Um garante uma sustança na medida e o outro uma cor de regalar os olhos!

Publicidade

O ideal é acrescentar esses dois ingredientes junto com o refogado do arroz, ou seja, no começo do preparo. Claro, que a carne já deve estar dessalgada e desfiada. O objetivo é deixar que eles se envolvam no cozimento, para no final ter um risoto bem saboroso.

O gran finale é o trio básico composto de salsinha, queijo parmesão e manteiga.

Se você gosta de receitas diferentes não deixe de preparar essa versão que surpreende desde o primeiro instante!

8. Risoto de limão siciliano

Não existe simplicidade maior que um toque de limão siciliano na comida. É incrível o poder dessa fruta de levantar o prato!

Por sinal, neste risoto só dá ele! O preparo não foge nada do método tradicional, porém a acidez mesmo entra somente no final. O suco da fruta perfuma a base do risoto e as raspas finalizam a apresentação do prato.

O risoto de limão siciliano é perfeito para servir como acompanhamento de alguma carne com molho ou um peixe empanado. A combinação das texturas e também do sabor são tão harmônicas, que vira um casamento igual “arroz e feijão”.

Se você está com pressa ou deseja um arroz diferente para seu jantar não esqueça desse pequeno ingrediente que faz milagre na culinária!

9. Risoto de bacalhau

Sem dúvida, o bacalhau é o prato mais aguardado da Páscoa. Mas que tal preparar esse almoço especial fugindo dos pratos tradicionais?
Para dessalgar esse tipo de peixe existe uma técnica muito mais rápida. É fazer o cozimento do frutos do mar com duas trocas de água. Enquanto isso, você pode preparando a sua bancada de ingredientes.

A ideia é transformar a peça inteira em lascas para que fique aqueles pedacinhos suculentos em meio ao arroz arbóreo. E nada de economia por aqui, porque essa ocasião merece fartura!

Sabe o que é melhor? Ao invés do vinho branco, utilize um espumante bem gaseificado. Esse sim deixa o prato à altura da estrela do dia!
Sem contar que o sabor fica ainda mais marcante com as lascas na panela desde o início do preparo. Assim, todo o aroma vai incorporando no caldo, no amido, no vapor. Enfim, fica uma loucura de prato!

Publicidade

Com certeza, essa é a melhor desculpa para deixar de lado o famoso com batatas para o próximo ano. É um almoço mais simples de fazer em um feriado que a gente só quer comer chocolate!

10. Risoto de cogumelos

Finalizamos a nosso top dez com um clássico, e querido por vegetarianos, da cozinha italiana: o risoto de cogumelos. No plural porque aqui tem um mix de tudo, o shimeji, Paris, enoki, shiitake, Porto belo e por fim o secchi. Haja mercado, não é verdade?!

A primeira parte é como todo os anteriores, o preparo de um bom caldo. Para essa receita você vai precisar fazer uma efusão com os fungos secos e um ramo de alecrim.

Já para o desenvolvimento do risoto é necessário caramelizar esse festival de cogumelos que está em sua bancada. Só preste atenção para que a quantidade seja proporcional a panela, assim todos os pedaços ficam em contato a superfície.

Depois é só se aventurar naquele mesmo processo de refogar o arroz, deglacear com vinho branco e molhar sempre que for secando. Não esquecendo de mexer, hein!

No ponto al dente é só incorporar os cogumelos grelhados nessa cremosidade toda e mandar direto pro paladar! Se sobrar um pouco dos cogumelos crús, coloque-os na apresentação. A textura fica ainda mais incrível!

O bacana de risoto é isso: combinar os ingredientes e fazer o seu match ideal!

Apesar dessa cara tradicional, todas possuem sua particularidade com umas pitadas criativas. Mas o resultado é unânime para todas: um afago para o estômago e o coração!

SHARE
MostrarEsconder Comentários

Comments are closed