Receitas de saladas: 17 opções para turbinar a sua alimentação

Um menu com saladas perfeitas para preparar em casa!

Quem disse que salada só contempla alface?! Claro, que de vez em quando, apenas umas folhas frescas são bem vindas para a cota verde no prato. O que não pode acontecer é deixar essa maravilha de lado, sem ao menos, conhecer as opções deliciosas que podem ser preparadas.

Publicidade

Para quem ignora a ilha de saladas na fila do buffet, saiba que o universo desse prato é bem amplo, que podemos defini-lo como uma refeição eclética. Afinal, podem ser servidas como entradinha, um prato único, um acompanhamento, um plus a mais para o seu churrasco (no caso da vinagrete), enfim são opções que não acabam mais.

Sem contar, os adeptos do vegetarianismo e veganismo que vivem muito bem com essa opção sem deixar os nutrientes necessários de lado. Com uma boa receita em mãos, nada é impossível!
Então fique aqui conosco e conheça a fundo esse menu saboroso que preparamos com as saladas:

1. Salada de macarrão

A clássica receita de salada de macarrão parafuso é uma refeição de encher o estômago de alegria. Mas se você quer uma versão que dê para servir quente, é essa receitinha aqui.

A reinvenção segue um padrão diferente, por isso também é chamada de salada de abobrinha. Então, é um preparo que conta com esses dois ingredientes e com um molho de hortelã pra lá de refrescante.

Se você for servir a massa na hora pode optar por pelo fio longo (espaguete), mas em nosso caso, a melhor escolha são os grãos curtos que ficam mais agradáveis com a proposta. O segredinho é deixar ela em ponto al dente, ou seja, tire do fogo alguns minutinhos antes e interrompa o cozimento com um balde de água bem gelada.

Para dar a sensação de saciedade a escolha da vez foi a abobrinha. Com isso, corte-as em pedaços médios e dê uma leve bronzeada em um fio de azeite. Nesse momento, faça por partes assim evita que o vegetal solte muita água e não se transforme em um refogado.

E o que não pode faltar para uma deliciosa salada é o molho, e aqui temos uma dupla a cara do verão: salsa de hortelã e queijo cottage. Ambas são turbinadas com raspas de limão, que levanta o sabor e dá aquela leve acidez para o prato.
Essa salada de macarrão é top e agrada todo mundo!

2. Salada tropical

Imagine uma salada que pode ser servida como prato principal, perfeita para substituir o almoço ou jantar? Além disso, é um prato com uma montagem bem simples, sem muito segredo ou ordem de ingredientes. Essa salada tropical promete salvar o seu dia pós praia!

Para essa refeição refrescante você vai precisar de: rúcula, alface roxa, abacate, manga, quinoa, queijo feta e caju tostado.
E quando se opta por uma salada, vem de brinde um molho especial. Nessa receita você conta com um mistura básica de: vinagre balsâmico, azeite, mostarda dijon, limão, mel, sal e pimenta do reino a gosto.

Por conta da manga e da leveza dos ingredientes, acaba sendo uma opção de fácil consumo em dias mais quentes. Se você está sem ideia de qual salada servir, aqui é uma ótima pedida.  E vale acrescentar outros ingredientes e transformar totalmente o sabor dela!

3. Salada de bacalhau

Mais uma versão de salada que pode ser servida quente ou fria, perfeita para abrir os trabalhos em um almoço em família.
Essa salada de bacalhau, também pode ser chamada de salada de feijão fradinho, é uma receita muito servida em dias quentes de verão.

Consiste em combinar o bacalhau da páscoa (aquele que sobrou e estava congelado) com muito feijão fradinho, tomate cereja e cebola.

E o que diferencia ela de um prato quente para uma salada é o molho, que conta com azeite, limão taiti e salsinha fresca.
Essa é um daqueles preparos fáceis e delicioso, sem contar que é uma ótima maneira de reaproveitar alimentos que provavelmente não teria muito uso, como o bacalhau.

Ingredientes elegantes com apresentação rústica, essa é a proposta!

4. Salada de maionese

Essa receita é uma adaptação da tradicional salada de batata ou salada de batata com ovo, só que preparada com a maionese caseira.

E vamos contar, que essa maionese fica igualzinha à comprada de supermercado. Bem cremosa, gostosa e amarelinha. O segredo é misturar duas gemas cozidas em meio a uma gema crua para dar mais durabilidade a receita. Tempere com vinagre, suco de limão, cebolas refogadas e cebolinha a gosto.

É de se encantar com a simplicidade e rapidez desse acompanhamento. Maionese caseira, finalizado com cebolinha e aquele perfume de cebola douradinha pela cozinha. Apenas façam!

5. Salada de repolho

A refrescante coleslaw, conhecida também como salada de repolho com maionese, é um ótimo acompanhamento para o hambúrguer e sanduíches.

Nessa salada você vai precisar de repolhos e cenouras cortadas em mandolin, pois devem ser finas já que são consumidas cruas.

Siga as orientações de preparo do repolho para eliminar todo o excesso de água, lembrando de temperara-lo com sal e açúcar.

Acrescente uvas passas, maionese caseira e um pouco de vinagre de vinho branco.

Se preferir, prepare com antecedência e mantenha em geladeira até o momento de servir, assim ela fica ainda mais gostosa!

6. Salada Caesar

Essa salada, com toda a certeza, é a mais pedida por brasileiros! Afinal, como não se apaixonar pela refrescante alface americana, a suculência do frango grelhado, o crocante dos croutons, o sabor único do parmesão e o irresistível molho que leva jus ao nome da salada?!

O mix com anchovas, maionese, iogurte natural, shoyu, azeite, vinagre de arroz, mostarda dijon, sal e pimenta do reino traduz o que é um molho de verdade.

A combinação dos ingredientes quebra a definição que salada só tem “verde”.  Por isso, se você não é íntimo desse universo, aqui é uma ótima maneira para iniciar essa paixão por saladas. Não deixe de fazer essa versão original em sua casa!

7. Salada Caprese

Que tal uma salada com um gostinho de pizza italiana?! A clássica e marcante salada caprese é a pedida da vez!
A receita básica consiste em tomate, mussarela de búfala e manjericão. No entanto, você pode incrementar de outras formas, como nessa versão com molho pesto.

A técnica correta é cortar igualmente as rodelas de tomate, lembrando de não deixá-las muito grossas, tampouco, finas.  Monte em uma bandeja de forma organizada, seguindo um padrão dos ingredientes.

Já o pesto de manjericão chega para dar mais água na boca! E quando você prova sente a harmonização perfeita desse trio italiano.

É uma entrada simples e que funciona bem para as ocasiões especiais! Vale a pena fazer!

8. Salada marroquina

Essa opção tem tudo o que procuramos em uma receita de salada: é fácil, é saborosa e bem completa. Ou seja, não precisa de mais nada além dela!

Quando se trata de culinária marroquina o que não pode faltar é o couscous e o time de especiarias. Por isso, já separe a sua cúrcuma e a canela para acentuar o seu molho.

Publicidad

Acrescente na mistura do couscous: cenouras, couve flor, brócolis, soja, azeitonas e mix de passas. Finalize com lâminas de amêndoas e ervas verdes, adicionando crocância e um sabor extra, perfumado e delicioso.

Ficou com vontade? Faça em casa e surpreenda com um versão de salada internacional.

9. Salada de lentilha

Pois bem, essa é uma receita onde o mais difícil é preparar o cozimento da lentilha.

Pra faze-lo de um jeito mais rápido, o ideal é levar à panela de pressão. Agora, se você tem medo dessa danada, saiba que em panela convencional costuma a triplicar esse tempo. Porém, o importante é ter elas cozidas em mãos!

Feito isso, corte os tomates, a cebola roxa, o pepino e a salsinha bem picadinhos. Deixando, praticamente, no tamanho de um grão de uma lentilha.

Depois é misturar todos os ingredientes, adicionar uma pitada de limão e ser feliz!

10. Salada de quinoa

Transformar uma receita árabe em uma versão ‘abrasileirada vegana’ requer criatividade!

Aqui, no nosso caso, a substituição do trigo por quinoa resultou em um tabule ainda mais rico.

Tudo bem que a quinoa não é um ingrediente barato, mas rende que é uma beleza. Então é um bom negócio acrescentar ele em sua listinha de compras!

O modo de preparo é idêntico da culinária tradicional, em meio a quinoa cozida adicione tomates sem sementes picados, limão siciliano, azeite, hortelã e bastante salsinha picada.

Você pode servir como uma salada fresca, com pãezinhos, dentro de sanduíche e até para acompanhar alguma proteína.
Você precisa ser criativo para não enjoar de salada, por isso teste essa versão e inove em seu cardápio!

11. Salada verde

Essa salada não tem erro! É simples, gostosa e é bem vinda para complementar a sua refeição do dia a dia.

Como o próprio nome já menciona, se trata de um prato em que o verde se destaca. Por isso vale para qualquer tipo de alface e folhas, escolha os seus preferidos e lembre de lavar muitíssimo bem!

Para essa tarefa o ideal é deixar de molho em uma vasilha com água e vinagre, assim elimina todas as bactérias e desinfeta todas as folhas.

Um jeito prático para montar qualquer salada é apresentar as folhas já picadas, assim fica mais fácil para comer e servir. Acrescente um pouco de anéis de cebola roxa e tempere com: limão, sal e azeite.

Essa salada verde harmoniza com diversos pratos. Mas a dica é variar com outros molhos, já que conseguem transformar o sabor da salada. Teste e faça em casa!

12. Salada russa

Semelhante a nossa salada de maionese, a versão russa ganha alguns complementos de geladeira: cenoura, ervilhas, picles, ovos cozidos e peito de frango.

O truque é fazer um corte padrão para todos esses ingredientes. Então opte por cubos médios para que ela fique bem aparente na salada.

Equilibre a mistura com mostarda, ervas picadas e o sal. Sirva como preferir, com pratos do dia a dia ou com algumas torradas.

13. Salada de atum

O prato é de um sabor tremendo! Talvez não saia tão barato por conta do atum. Mas o restante leva ingredientes simples: alface, batatas, ovos cozidos, vagem, azeitonas, tomates e alcaparras, impossível não ficar uma delícia!

O molho tem como base vinagre, azeite, mostarda dijon e sal.

Monte em frações separadas e espalhe o molho apenas no que é verde, porque de resto ele fixa por tabela.

Pensa numa refeição que combinou lindamente? É essa comidinha aqui. É bastante nutritiva, perfeita para um almoço de fim de semana ou mesmo para a Páscoa, caso não curta o clássico bacalhau.

14. Salada grega

Uma opção robusta, que lembra o nosso vinagrete, que também é perfeito para acompanhar carnes e sanduíches. Sim, a salada grega é composta por vegetais de personalidade e muito sabor!

Nessa salada o corte dos ingredientes seguem um estilo mais rústico, ou seja, tamanhos maiores sem muito padrão.
A receita conta com tomates, pepino, tomate-cereja, pimenta verde ou amarelo e cebola roxa. O queijo feta (esse não poderia faltar!) e as azeitonas pretas dão um gostinho especial ao preparo, que devem ser adicionados no final da receita.

A sugestão é temperar com uma salsa de ervas, mas nada impede de escolher um bom azeite.

É uma opção saborosa e que precisa entrar para o seu menu!

15. Salada de pepino

Esta é uma salada tradicionalmente japonesa e é um ótimo aperitivo para um jantar oriental.

O famoso sunomono significa alimentos em conversa de vinagre . Deliciosa e refrescante, esta é uma excelente maneira de preparar salada de pepino fugindo do convencional.

O segredo está no molho que mistura vinagre e açúcar que resulta em um delicioso sabor agridoce, e o toque final do gergelim completa o charme da salada.

Uma receita simples e fácil de fazer, ja que a técnica de preparo não tem muito mistério e o resultado é uma salada de sabor delicado e um visual muito apetitoso!

16. Salada de acelga

Mais uma receitinha asiática por aqui! E essa é indicada até para quem não tem muita habilidade na cozinha.

O seu preparo é bem simples, mas o ponto alto da receita é o preparo das acelgas que devem ser cortadas e distribuídas uniformemente.

Para o molho frite o alho picado em meio ao óleo, um pitada de óleo de gergelim e um pouco de hondashi. Distribua essa mistura quente sobre as folhas e adicione um pouco de shoyu.

O resultado é um sabor irresistível, que deixa a acelga com outra cara! Se preferir guarde em um pote mas deixe para adicionar o molho de soja apenas quando for servir.

17. Salada primavera

Essa escolha também pode ser chamada de salada mista, já que seus ingredientes podem variar cabendo substituições. Então, caso não goste de um ou outro complemento, é só alterar de acordo com o seu paladar.

Existem três preparos importantes para essa salada: o picles de beterraba, o molho de vinagrete com mel e a pipoca de arroz selvagem. Esse trio é indispensável na receita, com isso é ideal seguir o passo a passo de cada uma delas para ter presença marcada em sua salada.

A montagem fica por sua conta, aqui foram utilizadas: rúcula, folhas variadas, nozes, queijo feta, maçã verde e mini tomatinhos.

Apesar das diversas etapas, o resultado vale muito a pena. E vamos combinar que ficou super bonito, não é mesmo?
Abençoada sejam as receitas rápidas! Matam a nossa fome e trazem felicidade. Se você é desses, escolha alguma opção desse rodízio e manda a ver nas suas próximas refeições.

SHARE
MostrarEsconder Comentários

Comments are closed