Receitas com mandioca: 8 sugestões saborosas para incluir na refeição

Não importa seu nome, vale como: mandioca, macaxeira, aipim, castelinha ou uaipi. O fato é que essa raiz substitui muito bem a batata tradicional e garante pratos brasileiros rico em sabor, cor e muito tempero!

Por conta disso é considerada um ótimo carboidrato, sendo uma excelente fonte de energia. Por conter tantas fibras, também é importante para o bom funcionamento do sistema digestivo.

Publicidade

Você pode servir como a estrela do prato, um acompanhamento, uma entrada e também em doces. A clássica porção frita é sucesso em qualquer mesa, mas saiba variar seu uso criando comidas diferentes carregados de cremosidade.

A mandioca é um produto bem fácil de ser encontrado na feira ou supermercado. E ainda é bem acessível, rende bastante e pode facilmente ser congelado crú. Uma dica para garantir receitas mais saborosas é comprá-las em período de safra, que alcança os meses de abril a setembro, pois estão mais frescas e com melhores preços.

Está sem ideias? Então confira a nossa lista de opções pra ninguém botar defeito!

1. Bolo de mandioca

Tem mandioca dando bandeira por aí? Não deixe de preparar essa versão de queijadinha no tabuleiro, também conhecida como mané pelado, um doce mineiro! Sua base acompanhado do trio maravilha coco, mandioca e queijo deixam tudo mais irresistível.

O mais diferente desse bolo é que não vai nada de farinha e fermento. Por isso, o que dá essa consistência densa é a nossa estrela do momento, bem raladinha, crua, sequinha e sem nada de amido.

Pela massa ser mais encorpada o truque é adicionar bastante líquido, como o leite e o leite de coco. Além de dar todo o sabor, garantem aquele bolo úmido e cremoso, sabe?

O resultado, não poderia ser outro, um bolo molhadinho. Onde um ou outro pedacinho se sente as sobras da mandioca e do coco ralado. O queijo meia cura derrete sobre a massa e forma esse mix entre doce e salgado. É um lanche perfeito para acompanhar um café fresquinho & uma mesa lotada.

2. Caldo de mandioca

Essa sopa de mandioca com frango promete espantar qualquer resfriado ou embalar um dia frio! Além de ser uma opção super saborosa e nutritiva para o dia a dia.

Bata em seu liquidificador as mandiocas cozidas junto com a água de cozimento. Essa contém bastante amido e garante toda aquela cremosidade que a gente adora. Só lembre de retirar o miolo interno do tubérculo para que não fique nenhum pedacinho solto no creme.

Depois é só preparar um refogado caprichado com o frango desfiado. Aqui vale adicionar tudo o que você gosta: alho, cebola, pimentão, açafrão, sal e pimenta do reino. A cor fica tão bonita que nem precisa exagerar no coloral.

A partir disso é só incorporar a mandioca e deixar a consistência por conta do caldo de galinha. Se você tiver a sobra da água do peito de frango melhor ainda. Afinal, o preparo caseiro é muito mais saboroso e saudável que os tabletes industrializados.
Se quiser finalize com um toque de verde através do coentro ou salsinha. O resultado é tão gostoso que não há quem negue esse caldo quentinho e perfumado!

3. Creme de mandioca 

Se você prefere um creme de mandioca, daqueles que dá até para comer de garfo, não hesite em fazer essa versão aqui!

O melhor é que você pode incrementar do jeito que preferir. Pode ser com legumes, carne, frango e até sem nada. Ele puro, com um pouco de croutons, é o suficiente para matar toda a fome!

Aqui fizemos a versão com linguiça calabresa. Os cubinhos refogado no alho e cebola levantam ainda mais o sabor desse creme. O melhor é encontrá-los em cada colherada, que é sempre um estouro no paladar.

O preparo do creme de mandioca é muito simples. Porém, elas devem estar cozidas e bem macias. Assim, fica mais fácil bater no liquidificador sem precisar de tanta água do cozimento.

O bacana é adicionar outros ingredientes como tomate picado e ervas frescas. Fica um prato bem colorido e aromático. Vale à pena testar!

4. Escondidinho de mandioca

Pensa em um escondidinho puxa puxa e com um mega suave. É esse daqui! Feito com mandioca e cubos de peito de frango. Irresistível, não é mesmo?

Vale lembrar que você pode preparar outros recheios para essa receita. Uma carne moída bem molhadinha, por exemplo, cairia muito bem nesse prato. O frango da receita é vapt vupt para fazer, pois eles vão bem pedaçudos mesmo, estilo rústico. Então, não tem todo o trabalho de cozinhar e desfiar.

Já a cremosidade fica por conta do purê de mandioca. É tão simples, que se você tiver elas cozidas melhor ainda. O preparo é igual ao de batata, amassar bem e adicionar o leite e a manteiga. Só não esqueça de acertar no sal e na pimenta do reino.

Enfim, são quatro camadas de puro sabor! A crosta de queijo que derrete, ao mesmo tempo, equilibra com toda a suculência do prato. É o encontro perfeito no paladar, que não precisa de mais nada!

5. Costela com mandioca

Comida na pressão é uma coisa de outro mundo, não é verdade? Tem sabor de casa, de família, de mesa farta, felicidade nos olhos. Enfim, só trazem sensações boas!

A carne de panela com mandioca, também conhecida como vaca atolada, é um prato típico caipira feito com costela bovina. Seu sabor é tão marcante que a lista de temperos chega a dar água na boca.

Seu preparo na pressão é feito em duas etapas. A primeira só com a costela e a segunda com a nossa protagonista da vez. Os dois itens tem tempo de cozimentos diferentes, a carne por ser mais rígida requer um período a mais. Se for necessário pode adicionar mais água para a segunda etapa.

O bom de colocar as mandiocas cruas é que garante um caldo mais pegajoso, bem suculento mesmo. Sem o contar o sabor que ela fica! Cozinhar na água apenas com sal é outra coisa do que cozinhar em um caldo de carne super temperado, que ainda pega o fundo da panela. Depois das etapas feitas na pressão é só corrigir o sal e colocar o bendito cheiro verde salpicado.

O resultado é um prato carregado de sabor! A costela chega a derreter, a mandioca desmancha de tão macia e o molho é o tchan do prato.

Deu água na boca, não é mesmo?

6. Nhoque de mandioca

Macia, suave e perfeita para acompanhar esse ragu de linguiça de pernil. O nhoque de mandioca é uma versão diferente para sair dos tradicionais que encontramos por aí, como batata, mandioquinha, beterraba e tudo mais.

Com elas cozidas é só amassar bem, se atentando em retirar as fibras que são mega desconfortáveis no paladar. Acrescente a manteiga, o ovo e a farinha de trigo aos poucos. Nesse processo, não tenha medo de colocar a mão na massa. Dessa forma você sente a consistência e acerta na proporção de farinha. O ponto correto é quando estiver bem lisa e fácil de moldar, não tem segredo!

Para transformar a linguiça em ragu é só desfiá-las com as mãos até ficarem bem soltinhas. Faça um refogado de sua preferência e acrescente o molho de tomate pelado. Um toque de erva doce vai muito bem com essa proteína, então é uma dica boa para levantar o sabor do seu molho.

Na finalização coloque seu nhoque para cozinhar em água fervente. E quando eles levantarem é o ponto certo para servir. A apresentação fica por sua conta: ervas frescas, queijo parmesão ou tudo junto e misturado. Afinal, receitas de nhoque nunca decepcionam!

Publicidade

7. Pão de mandioca

Não tem nada mais gostoso que um pão caseiro! Sim, aquele fofinho, macio que é só passar manteiga e já fica uma delícia.
Apesar de dar um certo trabalho, é uma tarefa bem divertida e até terapêutica preparar um pão em casa. Porque é farinha daqui, uma sovada dali, que perde bastante calorias nesse processo.

Para esse pão você vai precisar de bastante farinha de trigo (quase 1 kilo) e uma lista básica para esse tipo de fermentação: leite, ovos, mandioca cozida, banha ou manteiga, açúcar, sal e fermento biológico seco.

A receita é separada em três partes. A primeira parte é misturar a farinha de trigo com o fermento. Depois é só misturar o restante dos ingredientes no liquidificador. Você pode adicionando mais farinha de trigo aos poucos até dar a liga certa.

A montagem é livre: uma pão grandão ou unitário em formato redondo. Só deixe um intervalo de descanso para fermentar e dar aquela leve crescida. E olha, que cresce bastante e fica extremamente fofo!

O resultado é uma comidinha para o café da manhã ou lanche da tarde. Não tem sensação melhor do que ter seu próprio pão!

8. Mandioca gratinada

Esse é o acompanhamento perfeito para o almoço: mandioca ao forno. Sem contar que é um preparo rápido, assim como tudo que vai na panela de pressão.

O tempo cozimento da mandioca pode variar de oito à quinze minutos. Nesse caso, vai depender muito da qualidade do produto. Por isso inicie com dez e se precisar de mais é só adicionar os outros cinco. Um truque para deixarem elas macias é fazer um corte cruzado nas duas extremidades.

Para fazer o delicioso gratinado também vai precisar de um molho branco. Esse é simples: manteiga, cebola picada, farinha de trigo, leite e queijo parmesão. Você pode retirar a cebola da lista se quiser, mas ela dá todo o sabor para o preparo.

A montagem é outra etapa que não tem muita frescura. Mandiocas, molho branco, queijo mussarela ralado e cubos de bacon. Se cada item separado já é gostoso, imagine todos juntos em um prato só?

É uma tentação que deve ser devorada logo que sai do forno, bem quentinha com o queijo ainda borbulhando. Faça em sua casa que vai ter gente raspando a travessa de tão delicioso!

Publicidade

Que tal garantir a sua mandioca em sua próxima ida ao mercado? Se preferir, compre elas cozidas, encontrada facilmente em feira de rua mesmo. Geralmente, são fresquinhas e acelera um bom tempo em todos esses preparos.

Essas receitas são a prova da versatilidade que este alimento oferece. Não tem como deixar de favoritar uma e se jogar na cozinha!

SHARE
MostrarEsconder Comentários

Comments are closed